7 Coisas que Você deve Saber sobre a Psicologia dos Call To Action

04-2017 | Content Marketing

As técnicas mais eficazes de call to action (ou chamada á ação) usam a psicologia básica. Você pode usar alguns desses métodos de psicologia em seus CTA’s para transformar visitantes em clientes fieis com apenas alguns pequenos ajustes.

Por exemplo, digamos que você acabou de ler sobre uma ferramenta on-line que pode acelerar seus negócios e aumentar a produtividade. Quem não quer isso?

Então você vai ao site e dá uma olhadinha. Dez minutos depois, você está clicando no botão do PagSeguro e recebendo um e-mail de confirmação da sua compra.

Você sabe o que te convenceu a acessar o site e comprar o produto? Era um conjunto eficaz de métodos de chamada à ação; ou CTA’s do inglês call to action; que o levaram ao processo de compra.

Você até pode dizer que esses métodos são furtivos, mas, quando bem executados, uma call to action eficaz guiará seus visitantes pelo processo de compra, obtendo assim mais cliques, mais compras e mais cadastros.

Seu CTA é convincente?

Seu site está competindo com mais de um bilhão de outros sites. Cada um desses sites pede para o visitante fazer alguma coisa, seja para comprar, ler mais ou cadastrar um endereço de e-mail. Você não vai fazer com que ninguém te entregue dinheiro ou informações pessoais, a menos que você dê uma boa razão para isso.

Felizmente, não é difícil criar uma frase de chamada. Na verdade, você não precisa olhar nada além de um livro de psicologia que esteja por aí dando sopa.

Aqui estão sete maneiras pelas quais você pode usar a psicologia para criar uma chamada à ação (CTA) mais convincente.

1. Use Repetição

O cérebro humano verifica automaticamente o conteúdo que está em seu foco em busca de temas e padrões que possam ajudar a processar e entender as informações mais rapidamente. Aproveite a inclinação do cérebro para buscar repetições usando frases recorrentes para preparar seu usuário para a chamada à ação.

Por exemplo, se você quiser que mais pessoas se inscrevam na sua newsletter, insira a frase “economize dinheiro” em todo o conteúdo da página. Use essa frase no cabeçalho, no corpo e no botão com o CTA final. Quando o usuário acessa o botão de call to action, seu cérebro já faz a relação da ação de “clicar para se inscrever” com a economia de dinheiro.

Se você não tiver certeza de qual frase será eficaz para repetir ao longo do conteúdo, use sua palavra-chave de SEO segmentada. Isso fornece uma experiência de pesquisa completa, do início ao fim, para o usuário: O visitante digita a palavra-chave no Google, depois vai encontrar ela no conteúdo exibido no resultado da busca, seja no título ou na meta descrição, e depois vê novamente esse termo quando clica em sua página. Quando ele chega à chamada à ação que contém a mesma palavra-chave, o cérebro dele começa a associar sua página ao termo que ele pesquisou inicialmente e se facilita a decisão de clicar no botão.

2. Crie um Senso de Urgência

Você já reparou que os logistas ou grande comércios fazem as vendas parecerem uma emergência? Você nunca viu um anúncio com um desconto que vale “só hoje”?

Há uma razão para isso. Certas palavras e frases, e a sensação de perder, nos levam a agir com mais rapidez.

É por isso que anúncios que divulgam “ofertas incríveis por tempo limitado” ou pechinchas que duram apenas “até acabar o estoque” são comuns. É provável que compremos agora se tivermos medo de não podermos comprar amanhã.

Você pode melhorar as conversões criando o mesmo senso de urgência. Também conhecido como marketing de escassez, essa técnica usa frases como “última chance”, “prazo limitado” ou “últimas unidades”.

Esse método destaca a escassez do seu produto, falando para o visitante clicar na sua chamada à ação antes que a “promoção” acabe. É por isso que tantas chamadas incluem a palavra “agora”.

A exclusividade é outro motivador poderoso. Nada parece mais exclusivo do que ser um dos primeiros a ter informações privilegiadas, especialmente se você pode dar ao visitante a oportunidade dele mostrar a todos a vantagem que teve.

Portanto, não basta pedir ao usuário que simplesmente se cadastre, peça para que ele se torne um “insider” ou “peça um convite” para sua lista de e-mails. Outros motivadores incluem “seja o primeiro a ouvir sobre isso” ou “faça isso antes de todos os outros”. Eles estarão mais inclinados a participar da sua lista se pensarem que estão tendo acesso a algo que pode elevar seu status.

3. Concentre-se em um Benefício

Pense na última vez em que você esteve em um site avaliando um serviço. O que você estava procurando?

Ao examinar os recursos de um serviço ou produto, aposto que você estava perguntando “será que isso funciona para mim” o tempo todo.

Os profissionais de marketing iniciantes geralmente cometem o erro de falar sobre os recursos, e não os benefícios que esses recursos podem oferecer. Conversões mais altas acontecem quando você pode responder claramente à pergunta “Isso funciona para mim?”

Psicologicamente, as pessoas não estão interessados ​​em firulas. Eles querem saber como essas firulas podem ajudar a resolver problemas. Pense em como seu produto economiza tempo, dinheiro ou aborrecimentos para a pessoa e incorpore esse valor à sua chamada à ação.

Um botão de call to action que diz “nunca se atrase novamente” é mais impactante do que aquele que diz “obtenha nosso aplicativo de gerenciamento de tempo”. O mesmo vale para um botão que diz “economize 10 horas da sua semana de trabalho” em vez de “leia nossas dicas de economia de tempo”.

Apresente sua chamada facondo nos resultados e você verá instantaneamente mais cliques.

4. Minimize o Risco

Todo mundo adora alto retorno e baixo risco. Então, por que não fazer como os profissionais de marketing mais espertos e usar táticas de devolução de dinheiro e sem obrigações para fechar o acordo? Minimizar o risco alivia os medos e hesitações das pessoas durante o processo de compra e incentiva a comprar ou se cadastrar.

Suas páginas de vendas e chamada deixam claro que seu teste gratuito é “sem compromisso”? Ou seu serviço inclui uma “garantia de devolução do dinheiro”? Certifique-se de que você deixe isso bem claro na sua chamada à ação ou no conteúdo da página.

Enquanto você está vendo isso, não negligencie o poder da palavra “grátis”. Pode ser uma das palavras mais poderosas e persuasivas no português e ajudará você a conseguir mais cliques.

Lembre-se, quanto menos risco envolvido, maior a probabilidade da pessoa clicar em uma chamada e dizer que algo é gratuito elimina qualquer risco financeiro em sua mente.

5. Escolha a Cor Certa

Com a ausência de espaço físico; o que significa que seu produto ou serviço está totalmente online; os únicos sentidos pelos quais você se comunica são visuais (e áudio, se você usar vídeo). É por isso que usar a cor certa é tão importante.

As cores invocam emoções automaticamente e transmitem informações no nível subconsciente. Por exemplo, o preto tem sido associado à sofisticação e elegância, enquanto o rosa tem sido associado à feminilidade; e todos sabemos que verde significa “avançar”.

Como você só pode se comunicar através de recursos visuais (e eventualmente sonoros), use uma cor que faça com que seus usuários “cliquem”.

Se você deseja energizar, escolha um amarelo ou laranja vibrante. Se você quiser parecer confiável, escolha o azul como a cor da maioria das instituições financeiras. Opte por um roxo intenso, se você deseja transmitir uma sensação de luxo.

Você pode dar ainda mais ênfase à sua chamada à ação, escolhendo uma cor que seja contrastante, uma cor diferente do restante do seu site. Isso é fácil, confinando sua página de destino a um esquema de cores monocromático e incorporando uma cor contrastante às suas chamadas, sejam palavras-chave ou botões de ação.

Por outro lado, evite a tentação de tornar o design da cor muito simples. Se a pessoa não conseguir identificar facilmente sua chamada, ela não clicará. Evite completamente chamadas para ação em cinza; cinza é a cor padrão quando um botão ou campo está inativo; as pessoas vão passar batidas por ele.

6. Peça na Hora Certa

Até agora, falamos sobre como pedir ao visitante que morda a isca do seu call to action, mas é tão importante o quanto, é quando você pede.

Se você estiver buscando inscrições para o seu curso ou lista de e-mail, implemente um tapete de boas-vindas ou insira a parte de cadastro no início da página.

Os tapetes de boas-vindas são chamadas para ação que ocupam a tela inteira e estão no início da página. É a primeira área que você vê quando visita um site.

Os tapetes de boas-vindas e as chamadas à ação acima da dobra proporcionam uma experiência menos invasiva ao usuário do que as caixas pop-up tradicionais. Isso elimina o risco de uma pessoa sair do site antes de ver sua chamada à ação.

No entanto, se seu objetivo principal é fazer com que seus visitantes comprem algo, é melhor seguir as etapas 3 e 4 (concentre-se em um benefício e minimize o risco do comprador) antes de solicitar que eles se inscrevam através de um tapete de boas-vindas. Os usuários raramente concordam em comprar sem ter uma ideia bem clara do que estão comprando.

7. Mantenha as Coisas Simples

É uma boa prática ter uma chamada de ação primária e outra secundária, como seguir sua empresa nas redes sociais depois de comprar um produto. No entanto, não é uma boa prática quando a sua chamada à ação principal é seguida por várias outras chamadas à ação.

Quanto mais opções você der ao usuário, menor a probabilidade de ele escolher uma (e maior a probabilidade de passar direto por todas). Esse fenômeno é chamado de “paralisia de decisão” e impede que seus visitantes possam ajudá-lo a obter taxas de conversão mais altas.

Verifique se a sua chamada principal é visível e compreensível e veja se outros elementos na página podem distrair os visitantes dessa chamada. Se você estiver dando ao visitante várias outras chamadas à ação para clicar, provavelmente é demais.

Simplifique a experiência do visitante e aumente a taxa de sucesso, tendo certeza de que você tenha uma call to action principal e uma call to action secundária. Mais do que isso vai distrair ele e impedir que as pessoas permaneçam no seu site.

Últimas Observações

Atraia mais visitantes e aumente as taxas de conversão ajudando seus visitantes no processo de compra usando técnicas eficazes de chamada à ação que têm raízes na psicologia básica.

A implementação dessas etapas hoje tornará seu conteúdo mais atraente e vai ajudar a transformar visitantes em clientes e clientes em visitantes recorrentes.

Você também pode gostar desses artigos sobre Content Marketing