Marketing de Influenciadores Realmente Funciona?

03-2020 | Publicidade Online

Quão eficaz são as campanhas de marketing com influenciadores digitais? Mesmo se você não estiver familiarizado com as características desses tipos de ação, provavelmente já consumiu campanhas de marketing de influenciadores. Já curtiu um post do Instagram do seu blog favorito ou de uma celebridade da mídia social com uma hashtag #ad, #publicidade ou #spon?

Nesse caso, você viu o poder do marketing de influenciadores. Uma estratégia através da qual marcas e empresas alavancam os relacionamentos existentes que os influenciadores têm com seus seguidores engajados.

Não se trata de só uma tendência. Uma estratégia com marketing influenciador agora é uma parte essencial do planejamento geral de marketing para muitas empresas e marcas.

Qual é a eficiência do marketing com influenciadores?

O marketing com influenciadores utiliza algumas pessoas selecionadas para serem fortes embaixadoras de uma marca tendo como alvo seus seguidores engajados. Como? Os influenciadores geralmente recebem um pagamento de uma marca pelo seu endosso a marca, produto e/ou serviço, que é compartilhado com seus seguidores por meio de blogs pessoais, redes sociais, campanhas e até eventos.

Essa é a versão digital do marketing boca a boca – e está mudando significativamente o cenário de marketing e publicidade. Enquanto os anúncios gráficos ainda tem apelo em alguns mercados, como programas esportivos televisionados e ao vivo, o marketing com influenciadores tem o foco mais voltado a mensagem a ser transmitida e alavanca essa mensagem utilizando a credibilidade do influenciador, gerando mais valor e um ROI mais alto.

82% das pessoas buscam por recomendação antes de comprar

Um estudo realizado pela Nielsen aponta que  82% das pessoas buscam recomendações de amigos e familiares ao considerar uma compra.

A realidade de hoje é que os influenciadores geram resultados.

Essas estatísticas (e mais) provam que não há como contestar a atração magnética do marketing boca a boca com o consumidor.

Aqui estão três coisas que você precisa saber sobre marketing com influenciadores, incluindo a razão pela qual os consumidores estão prestando muita atenção nesse tipo de ação.

1. Anúncios gráfico não causam o mesmo impacto

Anúncios gráficos no Facebook, postagens promovidas no Twitter e anúncios em redes de televisão têm um problema: impressões visualizada do anúncio. Com isso quero dizer, quantos espectadores estão realmente vendo o anúncio e assimilando aquela mensagem.

De acordo com um estudo do IPG Media Lab e MAGNA Global, mais de US$ 59 bilhões serão gastos em anúncios para televisão nos EUA, mas não há garantia de que eles serão vistos. Na verdade o mesmo estudo descobriu que apenas 71% dos anúncios de TV são visíveis, ou seja, são percebidos pelo consumidor.

O público está condicionado a mudar de canal, sair da sala ou mudar de site sem pensar duas vezes e, a menos que seu público esteja assistindo em um evento ao vivo, como o futebol por exemplo, não estará mais assistindo aos anúncios.

O consumidor moderno também tem ferramentas disponíveis, como a tecnologia de bloqueio de anúncios, para evitar que anúncios apareçam em seu navegador. Este comportamento é exatamente o inverso de como os consumidores tratam as pessoas pelas quais são influenciados. Quando eles consomem o conteúdo de influenciadores, eles estão optando por participar e consumir suas opiniões, transmissões, vídeos e pensamentos – eles não bloqueiam seus influenciadores.

marketing de influenciadores não é impactado por bloqueio de publicidade

2. Recomendação de uma fonte confiável

A premissa é simples. As pessoas confiam nas recomendações de outras pessoas que conhecem – incluindo pessoas que conhecem por meio da presença on-line.

Embora o público seja ensinado a ter cuidado ou discernimento em relação à publicidade, esse padrão é aplicado com muito menos rigor às recomendações de boca em boca. Especialmente porque 84% dos consumidores dizem confiar em recomendações de familiares, colegas e amigos sobre produtos e serviços.

marketing de influenciadores pessoas entre 18 e 34 anos confiam em recomendações

Além disso, 92% das pessoas de 18 a 34 anos dizem que procuram recomendações de amigos e familiares ao considerar a compra de um produto – o que faz do boca a boca a fonte mais alta classificada em confiabilidade.

3. Melhor direcionamento

Campanhas de marketing digital certamente têm uma melhor segmentação do que os anúncios gráficos tradicionais (anúncios em uma revista ou um outdoor na estrada), mas ainda não conseguem competir com a segmentação associada ao marketing boca a boca. As pessoas tendem a se associar com outras pessoas que compartilham seus valores, interesses e hábitos – e isso inclui seus hábitos de compra. Cerca de 67% das pessoas dizem que existem um aumento na probabilidade de comprarem um produto depois que um amigo ou membro da família o compartilhou via mídia social ou e-mail.

Por exemplo, a segmentação de campanhas no Facebook é boa, mas não é tão boa. Os influenciadores, por outro lado, têm a capacidade de transmitir conteúdo relevante diretamente para o público certo – seus seguidores. Embora seja importante compreender que o conteúdo patrocinado não funciona exatamente o marketing boca a boca orgânico, os princípios são os mesmos. Nos dois casos, você colhe os benefícios de transmitir sua mensagem diretamente a um grupo de pessoas que já estão ouvindo ansiosamente.

marketing de influenciadores compartilhamento de produtos aumenta a segurança na compra

O marketing com influenciadores está aumentando significativamente em comparação com a publicidade gráfica tradicional. O que nos leva a considerar tornar os programas influenciadores parte de qualquer plano de marketing.

Marketing de influência como ferramenta de marketing

Os programas de marketing de influenciadores apresentam desafios e oportunidades únicos para marcas e negócios em todo o Brasil. Ao cultivar uma rede de influenciadores e embaixadores engajados que podem apoiar suas campanhas de marketing existentes, você posiciona sua marca para obter sucesso no mercado junto ao seu público alvo.

Mas nem todos os influenciadores são iguais. A coordenação de campanhas de influenciadores pode consumir muito tempo ,e as próprias campanhas em si, podem ser caras dependendo dos valores que você paga aos parceiros. Aqui estão três maneiras de garantir que sua estratégia de marketing com influenciadores compense.

1. Identifique influenciadores que estejam alinhados aos principais valores da sua marca e que se comunicam em várias plataformas frequentemente

Fazer um levantamento preliminar do seus influenciadores é uma parte extremamente importante de qualquer campanha, e não é apenas um jogo de números. Claro, você pode analisar o número de seguidores de um influenciador em potencial para ter uma ideia da presença e influência dele nas mídias sociais, mas sua análise deve ir além disso. Os influenciadores que têm uma afinidade natural com a sua marca e seus valores essenciais podem criar um conteúdo mais atraente do que alguém com um milhão ou mais de seguidores, mas menos interesse pessoal no produto.

Da mesma forma, como os estudos demonstraram que os clientes em potencial costumam converter-se em tráfego ou clientes depois de ver um produto várias vezes. É importante verificar se os influenciadores estão significativamente envolvidos com os seguidores em várias plataformas. Eles podem criar conteúdo dinâmicos e sequenciais ou vai ser algo pontual? Antes de fechar com influenciadores, verifique se eles estão criando conteúdo consistentes em vários canais e se os valores da sua marca estão alinhados com os deles.

2. Não se esqueça de utilizar o marketing orgânico de influenciadores, além do marketing pago de influenciadores

Sua marca pode obter maior exposição, numericamente falando, de uma celebridade que possui muitos seguidores sociais. Mas a parceria com clientes fiéis – ou embaixadores da marca – pode ser ainda mais benéfica para a sua marca e muito mais agradável ao seu bolso.

Os embaixadores se envolvem pelas vantagens e pelo amor à marca, não necessariamente pelo pagamento, o que significa que o conteúdo pode realmente capturar o coração e a alma do seu produto e empresa.

Além disso, um programa de influência que depende de embaixadores é uma ótima maneira de integrar um programa de indicação especializado. Ao oferecer um veículo para o conteúdo criado pelos maiores fãs da sua marca, você constrói uma máquina de marketing bem elaborada, baseada em dedicação e que não exige o mesmo nível de verificação que outros tipos de marketing de influência.

Pense em um torcedor de um time de futebol. É esse o perfil que você deve buscar. Alguém que defende e promove a sua marca como um torcedor faz em relação ao seu time.

3. Use campanhas de influenciadores para reforçar o marketing multicanal tradicional

Embora o marketing com influenciadores tenha se destacado nos últimos tempos, ainda não substitui as campanhas integradas que geram reconhecimento da marca, tráfego do site e vendas de produtos.

As campanhas de marketing digital são mais fáceis de medir e analisar, e os consumidores esperam que marcas respeitáveis ​​tenham uma presença online considerável. Os influenciadores podem aprimorar a estratégia de marketing e diversificar o público-alvo de uma marca. Mas as empresas devem usar campanhas de influenciadores para elevar seu marketing existente, não depender exclusivamente de influenciadores.

A melhor maneira de garantir um programa bem-sucedido de marketing com influenciadores é desenvolver relacionamentos com parceiros pagos (influenciadores) e orgânicos (embaixadores). Eles podem apresentar uma abordagem de várias plataformas, enquanto usam estratégias de influenciadores para aumentar suas próprias campanhas digitais em vários canais.

 

Você também pode gostar desses artigos sobre Publicidade Online